Notícias


Apresentação do Marie Taglioni Studio traz releitura do clássico Cinderella em versão para balé

Publicado em 17 de novembro de 2017

Divulgação

Com montagem nada convencional, o espetáculo Cinderella: O Sonho Acontece Para Quem Acredita se reapresenta no Cine-Theatro Central, no dia 25 de novembro, em realização do Marie Taglioni Studio. A primeira parte da apresentação apresenta coreografias de balé em uma nova versão da história do clássico infantil Cinderela. No segundo ato, números de jazz, balé contemporâneo e teatro remontam trechos de famosos musicais. O show promete surpreender a plateia com figurinos inspiradores, coreografias animadas e cenas repletas de emoção.

A releitura do conto de fadas criada pelo estúdio de dança trata em versão nada tradicional a história da menina órfã, que, ao contrário da trama original, é motivada a seguir independente em busca de seus sonhos. De maneira bem-humorada, o espetáculo mostra os obstáculos enfrentados por Cinderella. Sem a ajuda de magia ou fadas, os personagens envolvem o público na aventura, abordando sobretudo os valores da amizade, respeito e solidariedade.  ler mais

Milton Nascimento retornou ao Cine-Theatro Central com muita força e energia

Publicado em 16 de novembro de 2017

Foto: Débora Matos

“Alertem todos os alarmas, que o homem que eu era voltou.” O trecho de O que foi feito de Vera, composta por Milton Nascimento e seus companheiros Márcio Borges e Fernando Brant, e gravada em 1980 com a amiga Elis Regina, apesar de não compor o repertório do show do último sábado, 11, no Cine-Theatro Central, representa muito bem a força com que Milton Nascimento volta aos palcos depois desses quase dois anos fora de cena.

O show começa com Milton nos bastidores, e sua banda tocando Travessia, até que, ainda sem que o público possa vê-lo, sua voz ecoa por todo o teatro. O público se agita e só se anima mais quando Bituca entra no palco e toda a plateia pode vê-lo, deixando nítida a saudade que o público de Juiz de Fora estava de ouvir a música de seu mais novo morador, Milton Nascimento.

A história da volta do músico aos palcos, depois de quase dois anos, foi contada por um de seus músicos que responsabilizou Augusto, filho de Milton, por sua volta. Desde seu afastamento dos palcos, Milton optou por morar em Juiz de Fora com seu filho, e aqui o cantor pode descansar e passar tempo com os amigos. Desde março de 2017, porém, quando Augusto o convenceu a realizar um único show em Belo Horizonte, toda a turnê Semente da Terra foi criada. ler mais

Cine-Theatro Central recebe o lançamento do livro Arquitetura Moderna – Juiz de Fora

Publicado em 16 de novembro de 2017

Divulgação

Nas imagens, brise-soleils, janelas em faixa horizontal e formas geométricas bem demarcadas ganham destaque, chamando atenção para sua presença nas ruas e no cotidiano acelerado da região central da cidade. Autor de uma coleção que resgata o valor e a memória arquitetônica de Juiz de Fora, o arquiteto e urbanista Antônio Carlos Duarte lança seu terceiro livro sobre o tema, Arquitetura Moderna – Juiz de Fora, no foyer do Cine-Theatro Central, no dia 18 de novembro, às 10h. A obra destaca a arquitetura moderna com fotografias, impressões e descrições valiosas sobre a história do patrimônio local.

O livro traz uma coletânea das principais edificações e projetos arquitetônicos inseridos durante o grande período do século XX marcado pelo contexto artístico e cultural do Modernismo. A compilação retrata obras juiz-foranas de arquitetos consagrados no Brasil e no exterior como, por exemplo, o prédio do Banco do Brasil (na esquina entre Rua Halfeld e Avenida Getúlio Vargas) e o monumento a Tancredo Neves, ambos de Oscar Niemeyer; o Clube Juiz de Fora, de Francisco Bolonha; e o Edifício Getúlio Vargas, de Ulisses Burlamaqui. Dentre os projetos referenciados, se encontram também trabalhos de artistas plásticos renomados, como os painéis de azulejos As quatro estações e Cavalos, de Candido Portinari, no Edifício Clube Juiz de Fora, o painel em mosaico de Alfredo Mucci, no Edifício Banco Mineiro da Produção, e o monumento Centenário de Juiz de Fora, de Di Cavalcanti. ler mais

Nota de funcionamento

Devido ao feriado de Finados, lembrado nesta quinta-feira, dia 2,  o Cine-Theatro Central em consonância com a Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) entrará em recesso. As atividades administrativas e a programação referente às visitas guiadas serão retomadas normalmente na segunda-feira, dia 6. ler mais

Selecionado pelo Luz da Terra, musical Caminhos Que Se Encontram tem apresentação no Cine-Theatro Central

Divulgação

Tratando temas como abandono, pobreza, superação e procura pela felicidade, a peça Caminhos que se Encontram chega ao palco do Central nessa terça-feira, 31. O roteiro, escrito pelo professor Sérgio Oscar e com direção e adaptação de Guaraci Silveira, é inspirado no livro de mesmo nome escrito pelos alunos da EJA do Centro de Estudos Supletivos de Juiz de Fora (CESU). Com o objetivo de ampliar as possibilidades de divulgação das experiências humanas naturalmente heterogêneas, o musical possibilita o contato direto da plateia com as experiências subjetivas da diversidade socioeconômica e cultural de cada um dos estudantes. ler mais

Advance apresenta o espetáculo de dança Caos ao Cine-Theatro Central

Divulgação

O espetáculo Caos chega ao palco do Central nestas quinta, 26, e sexta-feira, 27, com a proposta de representar a trajetória muitas vezes caótica da vida urbana. Com coreografias nos estilos clássico, jazz, sapateado, contemporâneo e dança urbana,  o Advance Centro Integrado de Dança busca gerar a reflexão do público sobre as atitudes e as mazelas da humanidade. ler mais

Espetáculo de dança gratuito, Sete reúne cerca de 150 dançarinos no Cine-Theatro Central

Divulgação

Dias da semana, cores do arco-íris, maravilhas modernas e pecados capitais. Todos esses assuntos têm um ponto em comum: o número sete. Inspirados por ele, crianças, jovens e adolescentes do programa Gente em Primeiro Lugar apresentarão um espetáculo de dança no Cine-Theatro Central na quarta-feira, 25. Serão cerca de 150 bailarinos no palco, entre 6 e 22 anos, realizando 11 coreografias de danças urbana e contemporânea, jazz, sapateado e balé. A entrada é gratuita, mediante apresentação de convite distribuído previamente no Centro Cultural Dnar Rocha (Mariano Procópio). ler mais

Espetáculo O Homem que Soube Falar às Crianças comemora os 15 anos de atuação do Studio Viva Dança

Divulgação

Com números de balé, jazz e sapateado americano, o espetáculo O Homem que Soube Falar às Crianças, produção do Studio Viva Dança, aborda a vida e obra de Monteiro Lobato (1882-1948), renomado escritor da literatura infantil no país. A apresentação acontece em duas sessões, às 16h e às 20h, ambas no dia 29 de outubro. Dentre as histórias representadas, o Sítio do Pica-pau Amarelo se destaca, trazendo os marcantes personagens Emília, Pedrinho, Narizinho, Dona Benta, Tia Nastácia, Visconde de Sabugosa, entre outros. ler mais